Sons da floresta


Hoje acontece a exposição "Ameríndios", de Moara Brasil, na Sala Ilustrada.

Ela convidou o músico Low Moraes para fazer uma instalação sonora no ambiente onde acontecerá a mostra.

Os sons elaborados são utilizados para transportar e acomodar os ouvintes no cenário proposto de forma sinestésica. A inspiração certamente vem da natureza. Acredita-se que a música provém de uma esfera para além daquela pertencente aos homens. A busca é a sintetização de sons puros, neste caso, por meio de um casamento entre música tonal e experimentação sonora que modifica sons originais de elementos da floresta de forma a produzir uma total imersão na mata equatorial.

Conheça um pouco sobre ele:

"Sou de Belém do Pará, com formação em publicidade. Pensava em seguir carreira acadêmica, até cheguei a fazer uma especialização em comunicação e imagem, com pesquisa em filosofia da música no Rio de Janeiro. Decidi abandonar tudo para focar na minha maior paixão: a música. Hoje em dia curso uma especialização em trilha sonora para cinema e estudo música. Minhas influências vem de tudo, a pesquisa é constante, desde clássicos até novas sonoridades mundiais. Mas a força que me move é criar uma canção 'pura', quem vem de uma sentimento muito maior, da força criativa da natureza, fora da domínio do homem. O esforço é primordial, mas a inspiração é fundamental." Low Moraes.

Exposição "Ameríndios", por Moara Brasil

20/06 : 18h-22h

21/06: 13h-19h

Galeria Sala: Rua Topázio, 380.


0 visualização